Emoções que prejudicam a performance: 3 passos para combatê-las

As emoções negativas como ansiedade, medo, insegurança podem contribuir muito para você não atingir a tão sonhada performance nos seus treinos e competições.

Nós, mulheres, temos uma forte tendência maternal de querer controlar tudo e acabamos incorporando essas emoções e vivendo diariamente com elas, muitas vezes até nos rotulando como “eu sou ansiosa”, “sou insegura demais para fazer isso…” e constantemente estamos minando nossas ações por incorporar essas máscaras.

Essas emoções negativas são extremamente críticas e prejudicam o seu desempenho físico e mental. Em uma fase inicial fazem com que você perca o foco principal, aumentando a excitação emocional e podendo fazer você se sentir nervosa, levando a um desconforto gastrointestinal ou uma louca vontade de sumir e fugir diante do desafio.

Um sentimento de frustração e irritação pode levar o corpo a uma alta tensão muscular, dificuldade na respiração e uma possível perda na coordenação. Há um pico energético seguido de uma perda descendente de energia (muito comum ver em competições atletas começando muito fortes e não conseguindo manter a performance durante todo o campeonato).

Quanto maior a instabilidade emocional, as emoções disparam um conjunto maior de pensamentos negativos e incapacidades. A confiança nas suas habilidades são afetadas e consequentemente os resultados parecem não aparecer.

CUIDADO:  as emoções negativas funcionam como um ímã, quanto mais foco nelas maior atenção aos aspectos negativos do seu desempenho terá.

Agora, tem como você gestar suas emoções e conseguir performar melhor?

Posso dizer que se é algo comum no seu dia a dia ter que lidar com suas emoções negativas, vale a pena buscar ajuda de um profissional para que você consiga dar o start nesse controle e transformação. Agora, se não acontece com tanta frequência, segue os passos abaixo que tenho certeza que irá sentir diferença nos seus treinos e consequentemente nos seus resultados:

  1. Antes de treinar, faça algo que você tenha certeza que você é boa! Assim você estará se motivando e a força de vontade irá persistir para que coisas boas aconteçam nos seus próximos passos;
  2. Visualize, imagine, algo que te faça feliz. Se tiver tempo, faça desse um momento só seu, coloque uma música, feche os olhos e relaxe.
  3. Sorria! Pode parecer estranho, mas sua comunicação está totalmente ligada aos seus sentimentos, mude a comunicação e já verá resultados diferentes em performance;
  4. Faça um diário de treino, escreva o que sentiu e o que pode aprender para evoluir no dia seguinte!

Tenho certeza que se você seguir cada um desses pontos que te falei, você já terá um rendimento muito melhor e conseguirá manter um maior controle sobre suas emoções negativas e limitantes!

Agora é contigo, vai lá e arrasa!

#MêsdaMulher #CrossXParaElas

Texto por Marina Weisshaupt