Calêndula para cicatrização

A cesárea é uma das mais importantes cirurgias de ginecologia, e uma das intervenções cirúrgicas mais comuns.  

Atualmente, devido ao aumento da idade materna na primeira gestação e o número de gestações ainda alto, a demanda por realização de cesárea aumentou.

A Organização Mundial da Saúde anunciou a taxa aceitável de cesárea no mundo inteiro como 10-15%. Porém, sua prevalência no Brasil é de 80%.

Entre as complicações mais comuns da cesárea estão: infecção da ferida, hematoma, abertura da ferida, resultando na hospitalização da mãe, necessitando de um encaminhamento repetido ao médico para drenagem e desbridamento da ferida, gerando um grande ônus econômico imposto à família.

Calêndula para cicatrização

Calendula officinalis ou calêndula é uma planta medicinal. Esta planta possui propriedades anti-inflamatórias, anti-vírus, antimicrobe e actividade anti-fúngica, anti-cancro, anti-oxidante, e a função de cicatrização.

Flavonóides e saponinas na calêndula impedem a liberação de enzimas nocivas e histamínicas que causam sensibilidade e inflamação e curam a vermelhidão e a dor. A calêndula ajuda no processo de reconstrução epitelial de feridas cirúrgicas e acelera o processo de cicatrização de feridas.

O estudo publicado J Family Med Prim Care, 2018 examinou o impacto da calêndula na cicatrização de feridas cesáreas em fêmeas primíparas (parindo pela primeira vez). Setenta e duas mulheres foram incluídas no estudo.

Os autores concluem que o uso de pomada de calêndula, aumenta consideravelmente a velocidade de cicatrização da ferida cesárea para que possa ser usada para acelerar a cicatrização da cesariana.

Assim, é fundamental por toda vida ter orientações de nutricionistas capacitados para lhe orientar sobre tudo o que pode te beneficiar.

OBS: Para preparar a pomada de calêndula foram utilizados extrato hidroalcoólico a 2% com base na taxa padrão de flavonóides.

 Hypericum perforatum + aloe vera

REFERÊNCIA: J Family Med Prim Care.

Abraço,

Rodrigo Moreira